San Telmo

San Telmo

Coisas a fazer - geral

San Telmo é o bairro clássico de Buenos Aires, apesar de ser o menor da cidade, com apenas 1,2 km². É um dos bairros mais antigos e procura conservar suas tradições, com feiras de arte e bailes de tango por toda parte.

A região de San Telmo é uma das que melhor conserva o período colonial e a época das imigrações italianas e francesas. Seus casarões coloniais e suas ruas que ainda mantém o calçamento original fazem par com museus, lojas de antiguidades e de artesanato, além da tradicional Feira de San Telmo, que ocupa a praça principal, Plaza Dorrego, e a rua Defensa cada domingo. Além das tendas de artesanato, há também muitos artistas de rua, músicos e bailarinos de tango.

Um dos destaques do bairro de San Telmo é a grande quantidade de museus, apesar de ser um bairro pequeno. Os destaques são:

• Museo de Arte Moderno
• Museo Histórico Nacional en el Parque Lezama
• Museo Penitenciario Argentino
• Museo del títere, el Zanjón de Granados

País Argentina

Conheça a noite local

A noite de San Telmo tem uma mistura de rock, bar e boite. O centro da diversão noturna de San Telmo é a Plaza Dorrego, mas ao redor podemos encontrar várias opções de diversão como a calle Chile, a Defensa, Carlos Calvo, Bolívar, etc...

A noite no Bairro de San Telmo tem uma atmosfera de boemia, com muitos bares de música ao vivo (rock, blues, latina, tango), alguns dos quais funcionam em casarões antigos, o que torna o ambiente ainda mais charmoso. Também há várias casa de tango com show.

Vir a San Telmo é sinônimo de beber uma cerveja ao ar livre na Plaza Dorrego e dançar até não poder mais.

Imagem para Vida Noturna

Descubra a Cultura e a História local

Em suas origens, a região de San Telmo foi povoada pelos trabalhadores portuários, e demais cidadãos de classe operária.

Com o tempo o bairro e a cidade foram crescendo e San Telmo passou a ser habitado pelas famílias tradicionais de Buenos Aires, de modo que todos sempre tinham vizinhos ilustres. Esta época de riquezas e bonança durou até que a epidemia de febre amarela em 1871 forçou todos a se mudarem para a região do bairro norte. As mansões e casarões passaram a ser alugados aos imigrantes europeus, que na mesma época começaram a chegar em grande número instigados por uma política que beneficiava a todos.

Os trabalhadores recém chegados se instalavam precariamente com suas famílias nesses casarões, que eram chamados de "conventillos", pois se tornaram verdadeiros cortiços, já que a maioria não alcançava a ascensão social pretendida e as velhas casas tinham seus quartos compartilhados, com cozinha e banheiro sendo de uso comum.

Enquanto as classes altas se enriqueciam com os aluguéis recebidos, construíam suas novas mansões no Bairro Norte.

Imagem para Cultura & História

Unfortunately there are no accommodations at this location at the moment.

Feira de San Telmo

Feira de San Telmo

San Telmo
A Feira de San Telmo é famosa pela venda de antiguidades, souvenirs, pinturas, joias, artes e mais. Saiba Mais